Mochileiro carona

7 Dicas pra viajar nas férias gastando pouco ou quase nada

Está sem grana? Colocar uma mochila nas costas e cair na estrada pegando carona e dormindo onde
der é uma das maneiras mais comuns de se viajar de graça ou gastando pouco. Mas essa não é a
única!

Atualmente já é possível usar a tecnologia para conhecer diversos lugares sem gastar dinheiro, ou
pelo menos, colocando muito pouco a mão no bolso. E como fazer isso? A internet possibilita que
você encontre hospedagens gratuitas, financiamento coletivo para a sua viagem, se engajar em uma
causa social ou usufruir de um programa de milhagem. Conheça algumas alternativas.

Planejamento

Um bom planejamento vai te ajudar a economizar horrores com a viagem de férias e,
quando falamos em programar antecipadamente, estamos falando de um bom tempo antes,
um ano ou mais. Assim você vai conseguir juntar dinheiro, não vai precisar desembolsar uma
quantia alta de uma vez só, pode parcelar a passagem aérea, por exemplo e viajar bem mais
tranquilo. Aproveite para pedir aos amigos e familiares que ao invés de te dar presentes nas
datas comemorativas, te dêem dinheiro para a viagem! O planejamento antecipado também
vai te ajudar a encontrar tarifas mais baratas, melhores opções de hospedagem e de
pagamento.

Pesquise lugares baratos para se viajar

Acredite se quiser, mas existem diversas listas que divulgam os locais mais baratos para se
viajar e eles são incríveis! Indonésia, Egito, Vietnã e Índia estão este os locais onde você
gasta menos por dia com transporte, acomodação, alimentação e passeios.

Evite comprar por impulso

Viajar e comprar presentinhos, souvenires, lembranças é quase impossível, certo? Quem não
gosta de se perder nas feirinhas locais e trazer aquela peça única que ninguém vai ter igual?
Mas se o seu orçamento está apertado, passe longe de shoppings e lojinhas para não cair na
tentação.

Faça pequenos trabalhos locais

Uma excelente forma de aproveitar ainda mais a sua viagem é arrumar um trabalho local.
Assim você vai mergulhar na cultura local e ganhar uma graninha para aproveitar os passeios
com tranquilidade. Existem muitas formas de trabalhar no exterior, inclusive programas de
trabalho voluntário que, embora não sejam remunerados, é uma forma de conhecer um outro país gastando menos. Cidades turísticas costumam precisar de ajuda extra em bares e
restaurantes ou outros estabelecimentos. Existem hostels que aceitam voluntários e, se você
trabalha para eles, pode garantir hospedagem (e até alimentação) grátis.

Faça suas refeições em casa

Fazer a sua própria comida é uma ótima forma de economizar em viagens. Existem hostels
que possuem cozinhas comunitárias e que possuem todos os utensílios que você precisa
para prefarar uma refeição. Passe no mercado mais próximo e abasteça a sua dispensinha
com massas, pães, biscoitos, etc. Prepare também os lanches para levar nas suas andanças,
assim você não precisa gastar sempre que parar em algum ponto turístico. Ah, e tem um
detalhe, além de economizar, você acaba correndo menos risco de sofrer alguma
intoxicação alimentar e come de maneira mais saudável.

Faça amizades e divida os passeios

Em muitas situações, grupos ganham descontos em lugares turísticos, por isso vale a pena
você fazer amizade com outros viajantes e dividir não só os passeios, mas hospedagem,
comida e a experiência! Com certeza tem certas atividades que valem muito mais a pena
quando a gente está acompanhado!

Couchsurfing

Nunca ouviu falar em “surfar no sofá”? É uma prática bem comum de hospedar-se
gratuitamente na casa de moradores de um determinado local. Não necessariamente você
vai dormir no sofá, tem gente que disponibiliza cama, colchão e até quartos privativos. O
mais legal é que você encontra as hospedagens pela internet e vai conviver com a cultura
local de maneira muito intensa.
Siga essas dicas que não tem erro: suas férias serão garantia de muita diversão sem sustos! E aí, você
tem alguma dica para acrescentar? Compartilhe conosco.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *